Montanhas quebradas

Quem sou
Aina Martin
@ainamartin
Autor e referências

A g√™nese do RollerCoaster Tycoon World n√£o √© dif√≠cil de imaginar. A nova administra√ß√£o da Atari analisa as propriedades intelectuais em suas m√£os e seleciona as mais vendidas para reinicializ√°-las. Um deles s√≥ pode ser um RollerCoaster Tycoon, j√° que estamos falando de uma s√©rie que vendeu n√£o centenas de milhares, mas milh√Ķes de c√≥pias. A quem confiar?

Frontier, o desenvolvedor do RollerCoaster Tycoon 3, est√° fora de quest√£o, j√° que ele est√° trabalhando em um concorrente direto: o Planet Coaster. Chris Sawyer Productions, a equipe que fez os dois primeiros cap√≠tulos, nem vale a pena considerar, pois n√£o existe mais. Decidiu-se, portanto, recorrer a uma equipe desconhecida e inexperiente, a Nvizzio Creations, que √© preciso muita boa vontade, mas evidentemente n√£o tem os meios e os conhecimentos para realizar tal projeto. Quando RollerCoaster Tycoon World √© lan√ßado na se√ß√£o Early Access do Steam, √© 30 de mar√ßo de 2016, coincidentemente alguns dias ap√≥s o lan√ßamento da vers√£o Alpha do Planet Coaster. Mesmo assim, o confronto √© impiedoso, apesar do fato de que at√© mesmo o t√≠tulo de Frontier √© em grande parte incompleto. RollerCoaster World tem um foco maior no modo carreira, mas √© atormentado por uma quantidade desproporcional de bugs, alguns muito s√©rios e, acima de tudo, tem um editor decididamente inferior. O paralelo que estamos fazendo entre os dois jogos n√£o √© secund√°rio para entender porque o t√≠tulo Atari √© um desastre completo. Com o passar dos meses, a Frontier prova ser um desenvolvedor s√©rio e capaz (n√£o √© √† toa que tem um nome como o do veterano David Braben) e, ap√≥s a chegada ao Steam e in√ļmeras atualiza√ß√Ķes que gradualmente adicionaram pe√ßas do jogo, a data de lan√ßamento : Planet Coaster estar√° dispon√≠vel a partir de 17 de novembro de 2016. Nesse √≠nterim, RollerCoaster Tycoon World perdeu-se de alguma forma. ele tamb√©m foi atualizado v√°rias vezes, mas nunca de forma a resolver seus problemas cr√≠ticos. Al√©m disso, o Atari reduziu muito a comunica√ß√£o, fazendo-a desaparecer do radar. Ent√£o imagine a surpresa quando a data de lan√ßamento foi anunciada repentinamente: 16 de novembro de 2016. Sim, um dia antes do Planet Coaster.





Nós revisamos o RollerCoaster Tycoon World. Infelizmente. O que nos terá destruído por dentro?

O caçador

Atari realmente achava que poderia roubar o t√≠tulo de Frontier ao p√ļblico com um truque t√£o triste? Provavelmente sim, o que sugere muito sobre como os projetos s√£o realizados l√°. Em suma, a marca hist√≥rica RollerCoaster Tycoon se viu perseguindo uma nova propriedade intelectual, o Planet Coaster, tentando explorar seu rastro v√°rias vezes.

Voc√™ acha isso rid√≠culo? Voc√™ provavelmente ainda n√£o come√ßou o jogo. RollerCoaster Tycoon World √© atormentado por todos os tipos de problemas e √© claro que este √© um t√≠tulo incompleto. Os primeiros dramas ocorrem com o tutorial, em que voc√™ corre o s√©rio risco de travar ou n√£o ver seu progresso registrado devido a bugs. Ao menos para as miss√Ķes introdut√≥rias, que deveriam servir para explicar a mec√Ęnica do jogo, n√£o seria poss√≠vel colocar recursos infinitos? O problema est√° acima de tudo em como ele est√° estruturado: janelas pop-up invasivas nos pedem para fazer algumas coisas e devemos descobrir como. Mas n√£o √© um tutorial? Nenhuma explica√ß√£o da interface, nem mesmo uma dica do que algumas escolhas implicam. Nada mesmo. Al√©m disso, o jogo est√° muito mal traduzido para o espanhol, a ponto de os textos do tutorial nos pedirem para usar algumas fun√ß√Ķes chamando-as de uma determinada maneira, quando na realidade a tradu√ß√£o da fun√ß√£o na interface √© outra. Alguns textos nem s√£o traduzidos, por assim dizer. Depois de ter superado o obst√°culo, voc√™ pode continuar com a campanha, que consiste em trinta miss√Ķes, incluindo tutoriais, a serem abordadas sequencialmente. A cada dez miss√Ķes voc√™ muda de √°rea geogr√°fica: voc√™ come√ßa em uma √°rea arborizada, depois passa por uma √°rea deserta e, finalmente, chega a uma ilha. Todas as miss√Ķes t√™m objetivos a alcan√ßar, como construir algumas atra√ß√Ķes, ganhar dinheiro ou satisfazer uma personalidade que visita o parque para publicidade positiva. Ao terminar, voc√™ abandona o que fez e assume a pr√≥xima miss√£o. A solu√ß√£o de continuidade entre as v√°rias miss√Ķes √© m√≠nima e, mesmo que no geral haja mais cuidado do que no modo carreira de Planet Coaster, o resultado n√£o √© excepcional. Os verdadeiros problemas do jogo, por√©m, s√£o outros e dizem respeito principalmente √† simula√ß√£o do parque e do editor.



Atividades paranormais

Sa√≠mos da campanha e iniciamos o modo sandbox (observe que n√£o h√° outros modos). o que permite que voc√™ construa um parque livremente, embora com recursos limitados. Constru√≠mos algumas estradas, compramos as primeiras atra√ß√Ķes, contratamos funcion√°rios e abrimos ao p√ļblico.

As coisas parecem estar indo bem, pelo menos economicamente, mas algo est√° errado: o parque √© pequeno e, apesar da presen√ßa de tr√™s lavanderias e lixeiras por toda parte, est√° muito sujo. As ruas est√£o cheias de lixo e v√īmito. Contratamos mais funcion√°rios e constru√≠mos mais cestas. Tamb√©m h√° muita insatisfa√ß√£o no ar. Clicamos em um dos visitantes. O cara est√° infeliz: est√° com fome e tem que ir ao banheiro. Bem, mas ela est√° bem na frente de um banheiro, do qual ela se esquiva. Ent√£o v√° em frente ... Calma e calma. Com o passar dos minutos, os novos zeladores ajudam na limpeza do parque, que no entanto continua sujo. √Ä medida que o parque cresce, a situa√ß√£o se deteriora e entendemos que h√° necessidade de muito pessoal para manuten√ß√£o e gerenciamento de emerg√™ncias. O problema √© que o pessoal s√≥ pode ser contratado atrav√©s da constru√ß√£o de edif√≠cios espec√≠ficos, mas cada edif√≠cio d√° acesso a no m√°ximo tr√™s funcion√°rios! Com a amplia√ß√£o do parque, para ter o n√ļmero certo de trabalhadores, literalmente dezenas de casas precisam ser constru√≠das, mas os problemas nunca est√£o totalmente resolvidos. Para concluir, gerenciando um parque do RollerCoaster Tycoon World, voc√™ testemunhar√° alguns fen√īmenos paranormais estranhos relacionados aos visitantes e funcion√°rios e voc√™ nunca entender√° completamente se est√° agindo certo ou errado. O √ļnico indicador certo √© o econ√īmico: se os lucros aumentam, tudo vai bem, mesmo que as estradas estejam sujas, caso contr√°rio, n√£o.



O editor?

Se tanta mis√©ria ainda n√£o √© suficiente, ent√£o segure firme porque √© hora do editor. A compara√ß√£o com o Planet Coaster √© implac√°vel: o t√≠tulo de Frontier permite que voc√™ crie o que quiser, o RollerCoaster Tycoon World n√£o. O editor possui grandes limita√ß√Ķes, n√£o possui o mesmo n√≠vel de customiza√ß√£o e possui uma interface que onera o trabalho ao inv√©s de favorec√™-lo. Queremos usar objetos que est√£o na parte inferior de uma das categorias de constru√ß√£o? Saiba que n√£o existem atalhos ou filtros e voc√™ sempre ter√° que rolar pela lista para chegar l√°.

Conveniente, certo? Garantimos que √© o m√≠nimo: muito mais grave √© que haja problemas de acesso √†s estradas, a tal ponto que se n√£o queres ter dor de cabe√ßa √© melhor fazer tudo direitinho, tamb√©m em virtude do posicionamento das atra√ß√Ķes e edif√≠cios, o que pode ser problem√°tico se voc√™ tiver criado uma rede muito complexa. Todas as automa√ß√Ķes vistas em Planet Coaster aqui s√£o uma miragem. O pr√≥prio editor de montanha-russa oferece complica√ß√Ķes que dificultam enormemente a cria√ß√£o de trilhas. Voc√™ pode fazer algo de bom com a pr√°tica, como mostram algumas atra√ß√Ķes online para download, mas sempre se sente aleijado. Vejamos um exemplo: usamos terraforming para subir uma colina e passar uma estrada, ent√£o tentamos construir postes de luz, mas descobrimos que n√£o poder√≠amos fazer da maneira que quer√≠amos e que em alguns lugares n√£o poder√≠amos posicion√°-los. O motivo n√£o foi entendido e n√£o nos foi dito, o fato √© que n√£o conseguimos o que quer√≠amos e tivemos que recorrer a um projeto alternativo, ou seja, sa√≠mos do jogo e iniciamos o Planet Coaster. O quadro geral, j√° tr√°gico por si s√≥, piora quando consideramos o alto n√ļmero de bugs, com frequentes retornos ao desktop, a aus√™ncia de alguns atrativos prometidos no Early Access, como o transporte no parque, e um lado gr√°fico med√≠ocre, que n√£o se compara ao t√≠tulo de Fronteira: os atrativos s√£o menos realistas, tanto no detalhes do que na composi√ß√£o; os visitantes t√™m menos anima√ß√£o e s√£o mais estilizados, os elementos decorativos s√£o mais suaves e o sistema de ilumina√ß√£o √© mais b√°sico, com um ciclo dia / noite menos convincente e sombras mal definidas. Vamos supor tamb√©m que a imagem parece muito borrada, especialmente quando voc√™ aumenta o zoom para ampliar a vis√£o do parque, e que a fluidez n√£o √© perfeita, mesmo quando voc√™ ultrapassa os sessenta quadros por segundo. Resumindo, voc√™ entendeu que tem que evit√°-lo?

Requisitos de sistema do PC

Configuração de teste

  • Processador Intel Core i7-4770
  • 16 GB de RAM
  • Placa de v√≠deo NVIDIA GeForce GTX 960
  • Sistema operacional Windows 10

Requisitos mínimos

  • Sistema operativo Windows 7 (64 bits)
  • Intel 2.3 Ghz Core i5 ou processador AMD equivalente
  • 4 GB de RAM
  • GeForce GTX 460 ou placa de v√≠deo AMD equivalente
  • DirectX 11
  • 10 GB de espa√ßo no disco r√≠gido

Commento

pre√ßo ‚ā¨ 31,99 Resources4Gaming.com

3.5

Leitores (17)

5.3

Seu voto

Temos pouco a acrescentar ao que est√° expresso no corpo do artigo: RollerCoaster Tycoon World √© um meio desastre. Talvez com mais alguns meses de desenvolvimento muitos problemas possam ser resolvidos, entretanto, entretanto, falta conte√ļdo e √© dif√≠cil encontrar lados positivos nos que existem. Para dizer, RollerCoaster Tycoon 3 remonta a meados da d√©cada passada, mas √© muito melhor. Esque√ßa, realmente.

PROFISSIONAL

  • Algumas ideias n√£o s√£o ruins
CONTRA
  • Problemas com o editor
  • Problemas com a gest√£o do parque
  • Problemas gr√°ficos
  • Problemas de estabilidade
Adicione um coment√°rio do Montanhas quebradas
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.