Demon's Souls - Preview, quais serão as diferenças entre o remake e o original?

Quem sou
Alejandra Rangel
@alejandrarangel
Autor e referências

Depois de tantos rumores e pedidos de fãs, Remake das Almas do Demônio finalmente tornou-se realidade, aparecendo no passado dia 11 de junho no primeiro evento inteiramente dedicado à PlayStation 5, durante o qual foi apresentado um vídeo de grande impacto emocional. O remake, feito pelas mãos experientes de Jogos Bluepoint (autores de várias remasterizações e remakes da Sony, incluindo o recente Shadow of the Colossus), vai estrear o próximo Novembro 19 2020 exclusivamente no PlayStation 5, 11 anos após o lançamento do título PS3 original, desenvolvido por FromSoftware e dirigido por Hidetaka Miyazaki. Vamos descobrir juntos, analisando em detalhe os vários trailers apresentados até agora, quais poderão ser as principais “novidades” e os pontos comuns presentes no remake criado pela equipa de desenvolvimento texana.



Nova vida para o escuro Boletaria of Demon's Souls

Como os fãs dos famosos saberão RPG de fantasia sombria da software house japonesa, durante a última PlayStation 5 Showcase Um clipe de corpo inteiro foi mostrado, o que nos permitiu ver mais de perto não apenas os lugares assustadores e os inimigos mortais espreitando Boletaria, mas também para a jogabilidade de Remake das Almas do Demônio. À primeira vista, o que imediatamente chama a atenção é o extremo cuidado com que os caras da Bluepoint Games criaram o mundo do jogo, vivo e cheio de elementos na tela. As significativas melhorias gráficas introduzidas pela software house dos EUA podem ser melhor apreciadas graças a um vídeo recente publicado pelo YouTuber Fobia, que compara a versão original do jogo lançada para PlayStation 3 com a que será lançada em novembro próximo no console da Sony de próxima geração. O vídeo em questão, que você pode encontrar convenientemente abaixo, não se limita a comparar a mesma sequência de jogo, mas a destacar como o trabalho feito pela galera da Bluepoint Games vai muito além do simples conceito de "remake".



Embora o usuário tenha tentado comparar as duas versões "no mesmo nível", aumentando a resolução do título original da FromSoftware para 4K a 60 quadros por segundo, o novo projeto da equipe de desenvolvimento baseada em Austin tem um estilo visual próprio, na fronteira no fotorrealismo, com tempos de carregamento muito mais rápidos (aproveitando ao máximo o novo SSD personalizado da Sony), a reintrodução da abóbada (já presente no Demon's Souls original, mas nunca reintroduzida em títulos subsequentes da software house japonesa) e um maior fluidez e "leveza" nos movimentos. Como os fãs de longa data sabem, o título de FromSoftware que estreou no PlayStation 3 em 2009 era lento e bastante pesado nos movimentos do protagonista, estilo e mecânica de jogo que hoje em dia são impossíveis.

Jogos Bluepoint tentei recriar Demon Souls de forma que os fãs de longa data pudessem voltar ao Boletaria que tanto amavam no PS3, retocando o material original (gráficos, sons, música e ambientes) para expandir, retrabalhar e torná-lo mais "palatável" para o novo usuário, tudo sem distorcer a visão original da obra. Contudo, as mudanças feitas da equipe de desenvolvimento parece se concentrar em querer enfatizar a experiência do título original, tornando o mundo do jogo "cheio de vida", graças a uma vegetação luxuriante e à presença de ambientes maiores e mais detalhados, uma maior fluidez nos movimentos do protagonista e dos NPCs, um paleta de cores mais variada (em comparação com os tons de cinza-esverdeado predominantes na versão original) e umefeitos de iluminação e partículas verdadeiramente incríveis, graças à introdução do ray-tracing.


Analisando e comparando algumas imagens retiradas do remake, com as provenientes do título original, podemos ver como os modelos poligonais estão equipados com maior detalhe (como se pode verificar na comparação entre os Cavaleiro da torre e Demônio da vanguarda para PS3, em comparação com a contraparte da próxima geração). Os incríveis aprimoramentos gráficos visam não apenas aprimorar a ideia original do Hidetaka Miyazaki e do FromSoftware, mas também caracterizar ainda mais os inimigos e os "vastos" locais de jogo, que à primeira vista parecem querer abandonar ambientes limitados em favor de uma maior liberdade exploratória.


Vá além do simples conceito de "remake"

Claramente, as diferenças com o título FromSoftware original lançado no PS3 não se limitam apenas ao setor gráfico. Podemos ver como Remake das Almas do Demônio para PS5, além de um design de nível completamente revisado, inclui o motion blur, novos efeitos sonoros e animações mais elaboradas e "realista". Embora a Bluepoint Games quisesse preservar a alma "original" da software house japonesa, reconstruindo o trabalho do zero e repropondo os personagens, encontros e batalhas no PlayStation 5 com a maior fidelidade possível, de modo a tornar a história ainda mais rica e sombrio, haverá notícias. De acordo com o que emergiu da página oficial do Remake das Almas do Demônio, o jogo oferecerá uma arma exclusiva (o "Foice do Ceifador“) Como um bônus que pode ser obtido pela pré-encomenda do título, demonstrando a disposição por parte da equipe de desenvolvimento de não ser contra a adição de conteúdo completamente novo. Será a única novidade ou a equipe de desenvolvimento texana decidiu ser menos "conservadora" do que os remasterizadores anteriores?


Além disso, já sabemos que o novo remake da Bluepoint Games oferecerá suporte aos novos recursos do PS5 e DualSense (Áudio 3D e feedback tátil), dois modos gráficos diferentes (um em favor da taxa de quadros, o outro da resolução) e que ocuparão 5 GB no SSD do PlayStation 66 (em comparação com o mínimo anterior de 54 MB necessários durante a instalação no HD do PlayStation 3). Finalmente, assim como o título original do FromSoftware, Demon's Souls Remake também contará com um componente multijogador online, até um máximo de 6 jogadores. Esperando para saber mais detalhes sobre o próximo remake feito pela Bluepoint Games, e sobre como a equipe de desenvolvimento aperfeiçoou a experiência de jogo (que nessas primeiras barras acaba sendo uma reinterpretação fiel do amado RPG de fantasia sombria da FromSoftware), aí nós lembre-se disso Remake das Almas do Demônio será um dos títulos de lançamento do PlayStation 5 (junto com o Homem-Aranha da Marvel: Miles Morales, Destruction All Stars, Sackboy A Big Adventure, Astro's Playroom e Godfall), com um próximo lançamento Novembro 19 2020.



Adicione um comentário do Demon's Souls - Preview, quais serão as diferenças entre o remake e o original?
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.